O QUE É O PICQ

PICQ - SBP

O PICQ - Programa de Incentivo ao Controle de Qualidade é um instrumento de educação continuada utilizado na melhoria da qualidade em Anatomia Patológica. A participação é exclusiva para médicos patologistas/anatomopatologistas ou residentes da área e todos os participantes devem ser associados adimplentes da Sociedade Brasileira de Patologia. Com a novidade do PICQ-Móvel, agora o interessado pode inscrever-se a qualquer período do ano.
O programa consta de 4 edições anuais, cada uma contendo 8 casos com 1 questão relacionada ao diagnóstico e seus diferenciais e 3 questões teóricas sobre cada caso.

Existem 3 categorias de participantes, conforme a seguir:

PICQ - PESSOA FÍSICA

Esta modalidade permite a participação de um médico patologista/ anatomopatologista que recebe os certificados de participação e de proficiência, de acordo com os critérios estabelecidos.
A participação é individual e intransferível.

PICQ - PESSOA JURÍDICA (PJ)

Esta modalidade é representada por laboratórios ou serviços de Patologia, não havendo limite para participação de médicos patologistas/anatomopatologistas associados adimplentes da SBP em cada inscrição. Os certificados de participação e de proficiência são emitidos em nome da instituição, de acordo com os critérios estabelecidos. Neles constam os nomes dos participantes. Não são emitidos certificados individuais.
Para associar-se como PJ clique em Participação e acesse o portal através do CNPJ e senha da instituição (são os mesmos se você já foi participante do programa anteriormente).
O responsável técnico pelo laboratório de Patologia deve ter seu título de especialista registrado no Conselho Regional do seu estado (Registro de Qualificação de Especialista – RQE).

PICQ - RESIDÊNCIA MÉDICA

Categoria exclusiva para serviços de Residência Médica (RM) em Patologia/ Anatomia Patológica, credenciados pela Comissão Nacional de RM. Os certificados de participação e de proficiência são emitidos em nome da instituição, de acordo com os critérios estabelecidos. Neles constam os nomes dos residentes cadastrados como participantes. Não são emitidos certificados individuais. Não há custo para participação do serviço, porém todos residentes devem ser associados adimplentes da SBP, bem como o responsável pelo programa (preceptor/coordenador da RM). O serviço de RM deve preencher os requisitos para filiação nesta modalidade, que deve ser solicitada através do responsável pelo programa na instituição.
O preceptor/coordenador da residência médica deve ter seu título de especialista registrado no Conselho Regional do seu estado (Registro de Qualificação de Especialista – RQE).